Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto


 

Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Unicafes RS realiza reunião com mulheres cooperativistas

30 de Outubro de 2017, 11:12 , por Unicafes - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 62 vezes

No dia 23 de outubro a UNICAFES/RS realizou uma reunião, em Erechim, com mulheres associadas a cooperativas para debater o empoderamento feminino tanto no aspecto econômico quanto social e político. Na pauta estava o projeto da Moeda Social, lançado em evento na ONU em de 6 de março de 2017, para alcance dos 17 Objetivos do desenvolvimento até 2030 e que começa sua implantação no Brasil, onde espera atingir 100.000 mulheres associadas a cooperativas solidárias. O projeto Moeda foi apresentado pela Green Cross na ONU (a Green Cross é uma entidade não governamental que atua em 30 países e tem acento no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas e Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Após a aprovação do projeto a Green Cross estabeleceu uma parceria com a Unicafes Nacional para implementar o projeto no Brasil, sendo que na reunião em Erechim a Green Cross estava presente, juntamente com a UNICAFES Nacional e Unicafes Santa Catarina, além da equipe que cooperdena o projeto Moeda no Brasil.

 

Moeda   reunião


A Moeda Sementel, é uma moeda criptografada, realizada com tecnologia blockchain e vem acompanhada pela oferta de microcrédito para projetos socioprodutivos e coletivos de mulheres, visando seu empoderamento. O Projeto Moeda pretende investir no Brasil cerca de 100 milhões de dólares com recursos captados em diversos países do mundo e também no Brasil a partir de uma forma inovadora de captação de recursos por meio de “crowdsale” ou ICO — Contribuição Inicial de Moeda (Initial Contribution Offering). A Moeda vem complementar linhas de crédito oficiais e das cooperativas de crédito, mas com maior alcance de beneficiários, com maior responsabilidade, qualidade e velocidade de atendimento. Uma das principais diferenças incorporadas à Moeda está no fato de quem estabelece limites de operação são os usuários (grupos de interesse dentro das cooperativas) por meio de projetos, que deverão ser acompanhados tecnicamente, e cuja implantação atenderá a segmentos de mercado já constituídos ou projetos inovadores.

Fonte: Unicafes RS


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    CADASTRE SEU E-MAIL
    e receba as novidades da UNICAFES

    Uma nova janela será aberta. Confirme seu e-mail e depois confira a mensagem que vai chegar na sua caixa de entrada.
    Gerado pelo FeedBurner

    [+] MULHERES

    MARCHA DAS MARGARIDAS 2015

    [+] ECOSOL

    NOV/2014

    [+] PAUTA 2015

    CONHEÇA A PAUTA DO COOPERATIVISMO SOLIDÁRIO PARA 2015

    [+] CANAL UNICAFES

    [+] REDES SOCIAIS

    » WebMail Unicafes

    » Google+