Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto


 

Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Unicafes perde a líder Terezinha Rios em Mato Grosso

8 de Setembro de 2017, 12:04 , por Unicafes - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1010 vezes

A presidente da Unicafes Mato Grosso, Terezinha Rios Pedrosa, de 56 anos, e o marido Aloísio da Silva Lara foram assassinados a tiros, no sítio em que residiam no município de Nossa Senhora do Livramento. Os corpos foram encontrados na tarde desta quinta-feira, 7, por um dos filhos que não conseguiu contato com os pais.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram encontradas na área aberta da propriedade rural, que servia como cozinha. Os autores do crime transformaram o local em um cenário terrível. Mataram porcos, galinhas e vacas desapareceram. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciou as investigações e os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá.

Tereza Rios: mulher incansável na luta pelos direitos sociais, na luta pela terra e em defesa da Agricultura Familiar.

 

Whatsapp image 2017 09 07 at 19.22.46

Terezinha Rios era presidente da Unicafes de Mato Grosso.

Terezinha era conhecida por atuar em defesa dos pequenos agricultores da região, sendo ela própria agricultora e chegou a se destacar como vereadora da cidade. Foi secretária municipal de agricultura e secretária de mulheres da Fetagri - MT. Foi também presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Nas eleições de 2016, disputou como vice-prefeita em Nossa Senhora do Livramento.

Participou da elaboração e construção da Central de Comercialização da Agricultura Familiar, através da sua atuação no Colegiado Territorial da Baixada Cuiabana, onde também ajudou a criar a Central das Cooperativas (COOPCENTRAL) para apoiar a comercialização dos produtos da agricultura familiar. Foi membro do CEDRS, representando a Rede de Colegiados Territoriais e a UNICAFES. Era integrante do Coletivo Agrário do PT-MT e atualmente estava na presidência da COOPERLIVRE e da UNICAFES-MT(União de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária) de Mato Grosso.

Teresa participou de vários congressos sobre Agricultura Familiar representando Mato Grosso em outros países, levantava a bandeira dos pequenos produtores e o empoderamento da mulher rural há mais de 20 anos. Era conselheira ativa do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável vinculado a Seaf e feirante na Central de Comercialização da Agricultura Familiar José Carlos Guimarães.

Nota de pesar Unicafes

A Unicafes Nacional torna pública a indignação pela perda dos companheiros Terezinha e Aloísio que tiveram suas vidas interrompidas. Terezinha dedicou sua vida por justiça e paz no campo, pelo fortalecimento e em defesa da Agricultura Familiar. Aloísio, companheiro, esposo agricultor foi um grande apoiador das lutas e sempre esteve ao lado da mulher.

“Terezinha foi uma guerreira e sempre defendeu os direitos dos povos tradicionais e a comunidade que ela pertencia. Nós precisamos além de nos sensibilizar, fazer com que a luta dela continue em cada um de nós, em cada um dos nossos lideres que defendem a classe trabalhadora. Iremos conversar com as demais entidades para mobilizar a comissão de direitos humanos da Câmara de Deputados, pressionar os órgãos de justiça para que os fatos sejam esclarecidos e os responsáveis sejam punidos”, afirmou o presidente da Unicafes Nacional, Vanderley Ziger.

O atual contexto político do país tem permitido que atitudes desta natureza se multipliquem em regiões onde os conflitos agrários são recorrentes. A sensação de impunidade, bem como as brechas legais arrastam processos por décadas fazendo com que os mandantes de tais crimes não sejam punidos. Enquanto isso, muitas lideranças que estão à frente de organizações lutando pelos direitos sociais sofrem constantes ameaças e muitas delas acabam se concretizando com atos de covardia e violência.

A Unicafes confia na justiça brasileira e acredita que os responsáveis pelo crime serão punidos. No entanto, enquanto não houver punição é necessário ter coragem de continuar neste caminho, lutando e não se calando. “Seguiremos na luta enfrentada pela nossa companheira Terezinha e não recuaremos em nada na construção dos direitos e na justiça para todos os brasileiros.”, finalizou o presidente da Unicafes.

 

“Não existe partida para aquele que permaneceram eternamente em nossos corações”

 


Governo de MT
A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf/MT) divulgou nota de pesar pelo brutal assassinato de Terezinha, na qual a classificou como militante histórica da agricultura familiar do Estado. O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários-Seaf MT, lamentou e repudiou profundamente o assassinato da militante histórica da Agricultura Familiar do Estado, Teresinha Rios Pedroza, em seu sítio em Nossa Senhora do Livramento.

 

Fonte: Redação Só Notícias e Gazeta Digital e Assessoria de Imprensa/Unicafes

 


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    CADASTRE SEU E-MAIL
    e receba as novidades da UNICAFES

    Uma nova janela será aberta. Confirme seu e-mail e depois confira a mensagem que vai chegar na sua caixa de entrada.
    Gerado pelo FeedBurner

    [+] MULHERES

    MARCHA DAS MARGARIDAS 2015

    [+] ECOSOL

    NOV/2014

    [+] PAUTA 2015

    CONHEÇA A PAUTA DO COOPERATIVISMO SOLIDÁRIO PARA 2015

    [+] CANAL UNICAFES

    [+] REDES SOCIAIS

    » WebMail Unicafes

    » Google+