Década da Agricultura Familiar é lançada nesta quarta no Brasil
10 de setembro de 2019

Instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Década para a Agricultura Familiar (2019-2028) será lançada nesta quarta-feira (11) no Brasil, a partir das 9 horas, durante solenidade na Comissão Geral da Câmara proposta pela Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, presidida pelo deputado Heitor Schuch (PSB/RS). São presenças confirmadas o presidente da Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Santos; o representante no Brasil das Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), Rafael Zavala; e o diretor no Brasil do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Claus Reiner, entre outros.

A atividade será realizada no Plenário Ulysses Guimarães e irá reunir especialistas e representantes das principais entidades do país para falar sobre os desafios do setor. Em paralelo, na área externa do Plenário (Salão Verde), acontece uma exposição com painéis e mesa de produtos da agricultura familiar.

O lançamento mundial da Década das Nações Unidas para a Agricultura Familiar foi realizado em Roma (Itália), na sede da FAO, em maio deste ano. O objetivo é colocar em prática um Plano de Ação Global contra a fome e a pobreza rural até 2028. Ele está alinhado às metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e possui sete eixos centrais:

  1. Criação de ambiente político favorável para fortalecer a agricultura familiar;
  2. Apoiar a Juventude a garantir a Sucessão Rural da Agricultura Familiar;
  3. Promover a equidade de gênero e o papel de liderança das mulheres da Agricultura Familiar;
  4. Fortalecer as organizações da Agricultura Familiar;
  5. Melhorar a inclusão socioeconômica e o bem-estar da Agricultura Familiar;
  6. Promover a sustentabilidade da Agricultura Familiar para alcançar sistemas alimentares resilientes às mudanças climáticas; e
  7. Fortalecer a multidimensionalidade da Agricultura Familiar para alcançar inovações sociais que contribuam ao desenvolvimento territorial, salvaguarda da biodiversidade, meio ambiente e cultura.

Para Aristides Santos o objetivo principal da Década é dar visibilidade e reconhecimento ao papel de agricultores e agricultoras familiares, instituir políticas públicas que fortaleçam a agricultura familiar, produzir mais alimentos para a soberania alimentar e nutricional e promover o desenvolvimento sustentável dos territórios rurais. De acordo com a FAO, a agricultura familiar produz mais de 80% da comida mundial e ao mesmo tempo aumenta a sustentabilidade ambiental da agricultura, preserva e restaura a biodiversidade e os ecossistemas, fornece alimentos tradicionais e nutritivos e contribui para possibilitar dietas equilibradas e manter o patrimônio cultural nas áreas rurais.

Schuch ressalta que até o final de 2019 serão promovidos eventos de divulgação nos 26 estados brasileiros, no Distrito Federal e no maior número possível de municípios. O deputado gaúcho ainda destaca que 25% da população do planeta sofre com problemas decorrentes da obesidade, enquanto outros 11% passam fome. Para ele, a agricultura familiar pode mudar essa realidade, fornecendo localmente os alimentos frescos e nutritivos, produzidos de forma sustentável.

Foto: MDA
 
Assine nosso informativo e fique por dentro das nossas novidades
ATENDIMENTO
(61) 3226-3277
secretaria@unicafes.org.br
2019 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual