Inscrições ao 2o Prêmio BNDES de Boas Práticas para SATs estão abertas até 31 de outubro
21 de agosto de 2019

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) recebe até 31 de outubro de 2019 inscrições para a 2a edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais - o Prêmio BNDES SATs. Nesta edição, serão premiadas até 10 ações de boas práticas de SATs no Brasil já realizadas (ou com etapas concluídas). Os três primeiros colocados receberão o valor bruto de R$ 70 mil e os demais o valor de R$ 50 mil. Na edição passada, foram premiadas as ações de protagonismo das mulheres de fibra do Médio Mearim (MA); a autodemarcação e gestão do território tradicional dos vazanteiros de Pau Preto (MG); a Feira de Troca de Sementes e Mudas das comunidades quilombolas do Vale do Ribeira (SP); a Feira da Mandioca de Imbituba (SC); e o projeto baiano Recaatingamento, do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA).

Podem apresentar propostas as instituições de direito privado, sem fins lucrativos, com existência mínima de dois (2) anos. A entidade proponente deve comprovar um histórico de aproximação e relacionamento com a comunidade que cuida e é responsável pelo SAT. Apenas uma (1) única proposta por entidade poderá ser apresentada neste Edital e ela deve conter uma (1) única ação de salvaguarda e conservação dinâmica de SAT.

As ações de salvaguarda e conservação dinâmica de SAT são iniciativas desenvolvidas por povos e comunidades tradicionais em seus SATs que promovam: 1) o equilíbrio entre conservação, uso e manejo da biodiversidade; 2) a sustentabilidade das práticas culturais tradicionais que integram o patrimônio cultural imaterial das comunidades; e (3) o desenvolvimento socioeconômico sustentável. Essas ações tem como pressuposto a participação, o apoio à construção da autonomia e o envolvimento da comunidade, que possui conhecimentos específicos sobre o SAT, sendo a principal responsável pela sua transmissão para as futuras gerações.

Os sistemas agrícolas de povos indígenas e comunidades tradicionais são parte importante da dinâmica econômica de diversas regiões do país e sua manutenção está vinculada aos saberes ancestrais dessas populações, patrimônios culturais que guardam modos únicos de preservação da agrobiodiversidade. Serão consideradas boas práticas as ações que tenham sido bem-sucedidas, tanto na sua execução quanto em seus resultados, e que mereçam divulgação e reconhecimento público.

As ações que foram premiadas na 1a edição do Prêmio BNDES SATs não poderão participar deste certame. O Prêmio é uma iniciativa do BNDES em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

[+] SERVIÇO:
.: Link para o Edital de Seleção.
.: Outras informações e anexos.

Fonte: BNDES
 
Assine nosso informativo e fique por dentro das nossas novidades
ATENDIMENTO
(61) 3226-3277
secretaria@unicafes.org.br
2019 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual