Empreendimento de Goiás é um dos primeiros projetos a ser lançado na plataforma da Moeda Semente
13 de setembro de 2018

A Moeda lançou recentemente seu primeiro investimento de impacto, o Projeto Semente Cooperval - Cerveja Artesanal. A Moeda tem se estruturado, realizado parcerias como a da UNICAFES, configurado equipes e testado processos para poder lançar os investimentos com uma estrutura completa. O primeiro Projeto Semente acontece no interior de Goiás, numa cooperativa a 50 quilômetros da cidade de Formosa. A Cooperval, presidida por Dona Divina, reúne 170 famílias. Há 10 anos, as mulheres da cooperativa recuperam a história do Cerrado em forma de receitas tradicionais que usam para criar pães, geléias e doces com frutos nativos. Além disso, produzem hortaliças e polpas de fruta. 

Os alimentos abastecem escolas municipais da região por meio de programas do Governo (PNAE). A Cooperval mandou um projeto para a Moeda financiar o crescimento da produção — eles precisavam de máquinas e equipamentos. Mas o time técnico identificou que a comunidade teria poucas condições de pagar de volta o financiamento. O ideal seria aumentar a capacidade dessas mulheres de pagarem o investimento. Assim nasceu o Projeto Semente Cooperval Cerveja Artesanal. O Projeto está focado num dos frutos nativos que a cooperativa processa, o baru, castanha com sabor parecido ao do amendoim, que vendem a US$ 13 o quilo. Para aumentar esse valor, a ideia foi produzir uma cerveja artesanal com o fruto. O Programa Moeda Semente desenvolveu um plano de negócios, fechou parceria com uma cervejaria local, contratou sommeliers e se tornou co-brander da “Dona Divina Baru Beer”. E o valor enviado pelos investidores desse projeto vai viabilizar um empréstimo de US$ 8000. A meta é produzir 1500 garrafas, cada uma a ser vendida por US$ 8,00. Com o lucro, a cooperativa vai poder pagar o financiamento com taxas em dezembro de 2018 e os investidores vão receber bônus de 10% em MDABRL (token Moeda atrelado ao valor do Real). 

Para Formosa, a receita da cerveja vai ajudar em várias frentes. A Cooperval vai poder compras máquinas para aumentar a produção de hortaliças e implantar um sistema de gotejamento que usa muito pouca água e pouquíssima energia elétrica. Também vai adquirir equipamento para beneficiar o baru, permitindo aumentar o lucro da venda do fruto in natura. Além disso, a cooperativa poderá desenvolver a produção de mudas do baru e difundir seu plantio junto a mais de 3000 famílias de agricultores familiares da região. O baru, que hoje beira a extinção, pode deixar de ser extrativismo e se tornar atividade comercial ambientalmente relevante. O replantio da cultura nativa garante a sustentabilidade da produção e a renovação do solo. Outra parte importante desse e de todos os próximos investimentos da Moeda é a implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentávelestabelecidos pela ONU. Esse projeto, em particular, aplica os Objetivos de número 9, 10 e 12. 

Além de aumentar a rentabilidade das famílias da cooperativa, o investimento impacta a comunidade a longo prazo, criando as raízes de uma cultura sustentável que é a base para crescimento constante, segurança alimentar e referência para outros empreendedores de impacto. Na outra ponta do Projeto estão investidores do mundo todo. Eles usam MDAs, criptomoeda da Moeda, para realizar o investimento de forma ágil e simples. A transação acontece toda na plataforma Moeda e permite que os apoiadores acompanhem todos os passos com a transparência oferecida pela tecnologia blockchain. Tudo isso traduz o posicionamento da Moeda de ser mais que uma plataforma tecnológica. A missão da marca é humanizar as finanças para distribuir impacto. Os investidores têm transparência no investimento e, ao mesmo tempo, transparência na relação pessoa-pessoa; eles podem conhecer a Dona Divina, entender a realidade da Cooperval e saber exatamente que impacto seu apoio vai proporcionar. É uma nova relação de confiança que extrapola os produtos do sistema bancário tradicional. O blockchain acaba sendo veículo para redefinir uma relação de confiança que atua no processo de troca de valores e também no envolvimento entre investidor e empreendedor de impacto. O Projeto Semente Cooperval - Cerveja Artesanal tem previsão para ser finalizado em dezembro de 2018. 

A data vai ser marcada com uma festa em que a Dona Divina fará o pagamento do aporte inicial. Nessa época, a Moeda vai apresentar os resultados e lançar os novos investimentos. Para acompanhar essa história e saber o que está acontecendo dentro da Moeda, confira nossos site e as redes sociais. 

Video Projeto Semente Cooperval - Cerveja Artesanal: http://bit.ly/DivinaYT 
Imprensa: contact@moeda.in 
Clique para o Press Kit 
Site: moedaseeds.com Medium: @taynaahreis
Facebook: /moedaseeds Twitter: @moedaseeds 
Linkedin: @moeda 
YouTube: Moeda.TV 
Telegram: https://t.me/MoedaChina
 QQ: 319500318

Fonte: Assessoria de Comunicação - Moeda Semente
 
Assine nosso informativo e fique por dentro das nossas novidades
ATENDIMENTO
(61) 3226-3277
secretaria@unicafes.org.br
2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual