PECSOL está em andamento em 5 estados
10 de maio de 2018

O Programa de Educação do Cooperativismo Solidário (PECSOL) iniciativa da UNICAFES (União Nacional de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária) com apoio do SESCOOP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) está a todo vapor. Nesta primeira fase, as atividades irão se concentrar cinco estados: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia e Bahia. As aulas começaram a ser realizadas em fevereiro. O programa vai levar a formação cooperativista para qualificação da governança das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária filiadas ao Sistema UNICAFES.

O PECSOL foi desenvolvido para atender as necessidades das cooperativas. A meta da organização é manter uma política permanente de formação. “O PECSOL tende a ser um programa permanente de capacitação com a condição de interatividade ao ponto de fortalecermos a ação de governança na prática, o que nós temos. Todo esse conteúdo de capacitação deverá se transformar na melhoria da gestão das cooperativas e sobretudo numa dinâmica de aproximação com os associados. As cooperativas são frutos do resultado da maneira que nós melhoramos as condições de atendimento, que nos fortalecemos a participação do quadro social, e que o associado se sinta bem com a cooperativa”, argumenta o presidente da UNICAFES, Vanderley Ziger.

Outros estados

Em um segundo momento, a meta é ampliar ações de formação para mais 15 estados. Essa já é a 2º Edição do programa realizada em nível nacional, formatada com a realização de ações formativas para conselheiros administrativos, fiscais, diretores executivos e quadros técnicos das cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária. O público atendido diretamente pelo projeto será formado por 600 participantes organizados em 40 turmas constituídas em 20 Estados do Brasil.

Metodologia

Os cursos estão organizados com foco na criação e gestão do conhecimento junto às pessoas e as cooperativas participantes do programa, prevendo utilização de material pedagógico escrito e visual, com momentos presenciais e de multiplicação executados entre as fases da socialização, problematização, interação, multiplicação e internalização das temáticas nos módulos: 1- Modelo de Organização; 2 - Modelo de Gestão; 3 - Modelo de Governança; 4 - Modelo de Inclusão.

Outra facilidade está relacionada a metodologia destaca. “É um processo qualificado de fazer formação. Existe uma ementa do curso, conteúdo programático, metodologia, a capacidade de interagir, e também uma parte de educação a distância. Os dirigentes terão mais facilidade porque poderão assistir aulas da sua própria cooperativa, fazendo a complementação do conhecimento, ou seja, parte deste estudo é presencial, e parte será a distância. Para fazer que tudo aconteça de uma forma fácil, dinâmica, e didaticamente de uma forma que as pessoas compreendam o papel do dirigente na cooperativa.”

O presidente também destacou que multiplicação do conhecimento é um dos pontos altos do Programa. “O processo de capacitação não é apenas para formar bons gestores, mas o papel principal é quando os diretores estão recebendo essa capacitação, possam multiplicar este conhecimento adquirido e fazendo com que a cooperativa cada vez mais se torne forte e se consolide dentro da sua ação dentro do seu trabalho na região que atua.”

Fonte: Assessoria de Imprensa
 
Assine nosso informativo e fique por dentro das nossas novidades
ATENDIMENTO
(61) 3226-3277
secretaria@unicafes.org.br
2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual